A 20ª ronda da Liga NOS termina na Pedreira, em Braga. A atravessar um mau momento, a formação da casa ambiciona regressar às vitórias no embate com um adversário que está numa posição muito delicada do ponto de vista classificativo.

Vida difícil para o Sporting Clube de Braga de Jorge Simão, conjunto que atravessa uma má fase. A equipa não tem conseguido alcançar resultados condizentes com as suas pretensões sob as ordens do sucessor de José Peseiro no comando técnico e a massa adepta está insatisfeita com as prestações mais recentes da equipa. O atual ciclo começou com um desaire na Pedreira frente ao rival Vitória Sport Clube. Na “final-four” da Taça da Liga, depois de eliminar o Vitória de Setúbal nas meias-finais (0-3), a equipa bracarense foi surpreendida pelo Moreirense na final e acabou derrotada por uma bola a zero com um golo de Cauê na conversão de uma grande penalidade. A meio da última semana, no jogo que tinha em atraso para o campeonato português, os “guerreiros do Minho” perderam na curta deslocação ao estádio dos Arcos para enfrentar o Rio Ave por uma bola a zero. Além dos resultados negativos, a equipa tarda em recuperar o nível exibicional e o desempenho em Vila do Conde ficou muito aquém das expectativas pela incapacidade de ter bola bem como de se acercar da baliza contrária com perigo. Na manhã de sábado, um grupo de adeptos bracarenses invadiram a sessão de treino da equipa para confrontar o plantel, situação que foi confirmada pelo próprio Jorge Simão. O Braga ambiciona vencer para reassumir o 3º posto da classificação e ultrapassar o Sporting na classificação.

Mauro, Ricardo Ferreira (lesionados), Nikola Vukcevic (suspenso) e Ahmed Hassan (ao serviço do Egipto) estão fora das contas para o desafio desta segunda-feira frente ao Estoril-Praia.

Onze Provável: Marafona, Paulinho, Rosic, Velázquez, Goiano, Assis, Battaglia, Cartabia, Pedro Santos, Stojiljkovic, Rui Fonte

Liga NOSO Estoril Praia está a rubricar uma das temporadas mais modestas desde que regressou ao principal escalão do futebol português. Fabiano Soares foi despedido na sequência de um início de época conturbado e a direção do clube encontrou a solução no espanhol Pedro Gómez Carmona, mas a situação delicada mantém-se. No antepenúltimo lugar da classificação com dois pontos de vantagem em relação a Tondela e Nacional, os estorilistas entrarão em campo já conhecedores dos resultados alcançados pelos seus adversários diretos. O Estoril precisa de melhorar o desempenho se quiser pontuar nesta sempre difícil deslocação a Braga.

Os estorilistas ainda ambicionam pontuar pela primeira vez sob as ordens de Pedro Carmona. O treinador espanhol estreou-se na Liga NOS na receção ao Benfica (0-1), a 17 de dezembro, perdendo os cinco desafios seguintes para a competição. Chaves (1-0), Marítimo (0-1), Arouca (2-1), Feirense (1-0) e FC Porto (1-2) foram os cinco adversários que se impuseram à formação da Linha nesta sequência. O único motivo de regozijo para a massa adepta do clube lisboeta foi a vitória nos “quartos” da Taça de Portugal frente à Académica (2-1).

Thiago Cardoso, Mano (lesionados) e Oumar Diakhité (suspenso) são os três elementos indisponíveis para este desafio.

Onze Provável: Moreira, Joel, João Afonso, Dankler. Ailton, Taira, Diogo Amado, Mattheus, André Claro, Tocantins, Kléber

O encontro da primeira volta, disputado na Amoreira, terminou com uma vitória bracarense por três bolas a uma. O Braga volta a ser favorito à conquista dos três pontos no desafio agendado para esta segunda-feira.

ESTATÍSTICA

screenshot_1screenshot_2

Screenshot_3.pngscreenshot_4

PROGNÓSTICO INFOSPORTS

screenshot_5

Fontes:

http://www.asmelhoresapostasonline.com

https://www.academiadasapostas.com

Advertisements