O derby deste fim de semana a contar para a Liga NOS 20°Jornada Primeira Divisão Portuguesa fez sofrer muitos corações.

A primeira parte, foi inteiramente controlada pelo Porto empurrando o seu adversário contra a parede este com muitas dificuldades face ao jogo em “profundidade e nas costas” acrescentando o peso do golo repentino da equipa da casa, ambas equipas apresentaram rigorosidade táctica neste derby, Nuno Espírito Santo fez mudanças no sistema táctico relativamente ao jogo passado frente ao modesto Estoril  (que se diga de passagem o Porto durante  60 minutos não criou qualquer perigo, face à pouca eficácia, conexões de oportunidades no ultimo terço do campo) neste corrigiu e apostou em jogar com  extremos e dois avançados a jogar lado a lado (Soares e André Silva) um clássico 4-4-2 sendo uma equipa que gosta de aproveitar os corredores laterais para chegar a frente do ataque. Foi bem visível o seu rápido e poderio ataque com um corona rápido, brahimi mais flexível apoiando os médios, Soares inspirado na sua estreia acabou por fazer os 2 golos da partida, é de salientar os erros dos defesas do Sporting no primeiro golo Coates não dá cobertura a Alex que aparece sozinho ao segundo poste e finaliza com classe inaugurado o marcador no Dragão.

GoalPoint-Sporting-Porto-Liga-NOS-201617-Ratings-b.jpg

Na segunda parte, Jesus fez mudanças na equipa e entrou Ruiz um jogador que alterou a postura do Sporting, um Sporting mais rápido nas suas transições, mais eficaz mais atrevido. O jogo estava partido. Numa recuperação no meio campo do Sporting, Danilo com espaço devido ao fraco posicionamento de palhinha coloca a bola em profundidade para Soares,este também com muito espaço de manobra arranca em velocidade 25 metros e finta Rui patrício e faz o segundo golo para o Porto, Coates e Ruben Semedo com culpa no cartório na fraca marcação.

Com 2-0 ja no placar a equipa leonina não baixou os braços acabou por chegar ao golo e um grande golo de Ruiz à entrada da área sem deixar a bola cair e colocando- a para o fundo da baliza sem qualquer hipóteses para Casilhas.

GoalPoint-Porto-Sporting-Antevisao-Liga-NOS-201617-infog.jpg

O jogo acabou por terminar, num Sporting à procura do empate e a equipa da invicta matreira,cínica, defendendo mantendo a calma e  a frieza e jogando em contra ataque quando o Sporting estava descompensado de forma a poder matar o jogo de vez. No último minuto Casilhas faz uma defesa astrónomica ao negar o golo a Coates que permitiria o empate deste encontro, também de referir a bola ao ferro de Adrien aos 56 minutos caso entrasse empatava a partida e o jogo seria outro, mais aberto por parte a parte onde certamente as equipas perdiam a compostura e formosura.Um dérbi bonito de se ver, quer táctico, futebol jogado e agressivo.

 O Porto continua na luta pelo titulo e Sporting diz adeus pela a luta do Titulo.

GoalPoint-Barometro-Benfica-Porto-Sporting-Liga-NOS-201617-J17-3-infog.jpg

Fontes: http://goalpoint.pt

 

Advertisements