Novo encontro entre Vitória de Guimarães e SL Benfica num espaço de poucos dias, com esta partida a ter uma carga de final, já que decidirá quem, no Grupo D, consegue o bilhete para a Final Four da Taça da Liga. A equipa encarnada chega com duas vitórias, perante Paços de Ferreira e Vizela, ambas no seu estádio, enquanto os vimaranenses foram vencer ao campo do Vizela e permitiram um empate com o Paços de Ferreira em casa. O empate será suficiente para levar o Benfica a uma fase final da qual FC Porto e Sporting já foram afastados, não sem bastante polémica à mistura.

Ativa nas três competições em que participa esta temporada, a equipa do Vitória de Guimarães tem como elemento condutor o facto de se apresentar sempre como uma equipa dedicada a superar as suas próprias possibilidades de sucesso. Um conjunto forte, melhorado através da chegada de Pedro Martins e do aproveitamento de jogadores que estão, esta temporada, bem perto do máximo das suas potencialidades, o Vitória de Guimarães não foi capaz, no passado sábado, de se afirmar perante o Benfica. Também por isso mesmo, Pedro Martins deverá estar agradado com o facto do calendário lhe propor, já, uma nova oportunidade para enfrentar o Benfica. É óbvio que os dados serão lançados de forma diferente nesta partida. Para começar, ambos os conjuntos deverão operar algumas alterações no onze. Depois, o próprio contexto do jogo é diferente. A equipa de Guimarães está obrigada a vencer para alcançar o objetivo, nesta partida, tendo maior responsabilidade na procura do golo. Ainda assim, será positivo para os vimaranenses abordarem o jogo com outra tranquilidade, já que a atitude de rebeldia apresentada no sábado acabou por não ter resultados práticos positivos.

Onze Provável: Miguel Silva – Bruno Gaspar, Prince, Pedro Henrique, Rúben Ferreira – João Pedro, Zungu – Hernâni, Hurtado, Bernard – David Texeira.

taça da ligaTal como o seu adversário, também o Benfica continua na disputa de todos os objetivos a que se propôs no início da temporada. O primeiro lugar na Liga NOS, com seis pontos de avanço sobre os seus perseguidores, revelam a capacidade dos encarnados para assumirem a reconquista do título como sua principal prioridade. Mas há mais. O Benfica conseguiu novo apuramento para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões, mantendo-se assim na elite europeia, estando ainda em prova na Taça de Portugal. Nesta prova, a Taça da Liga, o Benfica também defende o estatuto de campeão confirmado no ano passado, conseguindo, para já, duas vitórias claras. Perante o Paços de Ferreira, a equipa só marcou um golo, mas manteve segurança defensiva. Perante o Vizela, foi demasiado forte para permitir qualquer veleidade ao conjunto da Segunda Liga. No entanto, nesta partida em Guimarães, Rui Vitória terá decisões a tomar. Primeiro, avaliando qual a profundidade das rotações a operar, já que necessitando de ter os jogadores em condições para o jogo do próximo fim-de-semana, é importante conquistar o bilhete para a próxima fase da prova, marcando também por aí a diferença para os outros grandes. No jogo mais complicado desta fase de grupos para os encarnados, só um Benfica à imagem do apresentado no passado sábado poderá ter sucesso e seguir em frente.

Onze Provável: Éderson – André Almeida, Lisandro López, Jardel, Yuri Ribeiro – Samaris, André Horta – Rafa, Gonçalo Guedes, Cervi – Mitroglou.

Em dois encontros na época passada, duas vitórias para o Benfica. No encontro do passado fim-de-semana, vitória para o Benfica. A equipa vimaranense quer quebrar esta série de sucessos encarnados.

Favoritismo para o Benfica, pela maior capacidade de rodar o plantel sem perder qualidades. Mas a jogar em casa e espicaçado pela derrota sofrida, o Vitória de Guimarães não quer perder a possibilidade de disputar a Final Four da Taça da Liga.

 

Fontes: Apostas Online, Academia das apostas e Placard.

Advertisements