O Atlético de Madrid e o Las Palmas medem forças esta terça-feira no Vicente Calderón, em Madrid, num embate a contar para a 2ª mão dos oitavos de final da Taça do Rei. Motivados com a vitória da última jornada em casa do Eibar, para o campeonato espanhol, e com em vantagem na eliminatória, os pupilos de Diego Simeone estão já com um pé e meio nos quartos de final da prova. Já o Palmas também venceu na última jornada da La Liga, contra o Sporting Gijón, mas chega aqui com a difícil tarefa de anular uma desvantagem de dois golos num estádio onde é sempre muito difícil de jogar.

Atlético de Madrid chegou a estes oitavos de final depois de ter eliminado o Guijuelo na 4ª eliminatória, começando já mais uma caminha em busca daquela que poderá ser a sua 11ª Taça do Rei, com a última vez que venceu esta competição a ter sido em 2012/13. Com 4 vitórias consecutivas, em todas as competições, os pupilos de Diego Simeone chegam aqui motivados, com a vitória da última jornada em casa do Eibar a mostrar-se crucial para a subida de posição na tabela da La Liga, subindo do 6º para o 4º lugar, aproveitando da melhor forma o deslize do Villarreal e da Real Sociedad. Os Colchoneros chegam aqui com o estatuto de favoritos, estando em vantagem na eliminatória depois de vencerem em casa deste Las Palmas na 1ª mão, por 0-2, e por terem agora o factor casa do seu lado, já que actuar no Vicente Calderón é um factor que cria dificuldades até mesmo aos gigantes espanhóis. Ainda para mais, a equipa de Diego Simeone é constituída por vários jogadores de classe mundial, proporcionando ao conjunto uma enorme organização defensiva e um bom poder ofensivo, já que são a 2ª equipa que menos golos concede no campeonato e a 4ª que mais golos marca.

Nos seus últimos 5 jogos oficiais, o Atlético de Madrid apresenta um histórico de 4 vitórias e 1 derrota. Esta sequência de resultados iniciou-se com uma derrota por 3-0 em terreno do Villarreal. Seguiu-se uma vitória por 1-0 na recepção ao Las Palmas, uma vitória por 4-1 na recepção ao Guijuelo, em jogo a contar para a Taça do Rei, uma vitória por 0-2 em terreno do Las Palmas, em jogo a contar para a Taça do Rei, e na última jornada, uma vitória por 0-2 em terreno do Eibar. Augusto Fernández e Oblak estão de fora, ambos lesionados, ficando também de fora Thomas Partey, ao serviço da respectiva selecção.

Onze Provável: Moyá – Juanfran, Savic, Godín e Filipe Luis – Giménez – Griezmann, Ñíguez, Gabi e Koke – Torres.

taça do reiLas Palmas, por sua vez, chega aqui em maus lençóis depois de ter sucumbido a um desaire por 0-2 na 1ª mão destes oitavos de final, vendo-se obrigado a correr agora atrás do prejuízo. Esta é uma equipa com pouco sucesso na prova, já que para além de nunca ter conquistado a Taça do Rei, o mais longe que o Las Palmas chegou desde o início do milénio foram os quartos de final da temporada de 2015/16. Quanto ao seu desempenho esta temporada no campeonato espanhol, a turma comandada por Quique Setién tem estado a conseguir uma boa campanha e encontra-se no 8º lugar da tabela com 24 pontos, a 5 pontos de distância do 6º lugar de acesso à Liga Europa.

Contudo, Los Amarillos precisam de ganhar mais consistência já que venceram apenas 3 dos últimos 13 jogos consecutivos, do campeonato espanhol, apresentando especial dificuldade em somar pontos fora de portas, já que venceu apenas 1 dos 8 jogos que disputou como visitante na La Liga, na 1ª jornada em casa do Valencia, empatando 2 e perdendo os restantes 5. Posto isto, e apesar de até ser um conjunto que marca golos com regularidade, será muito complicado recuperar de uma desvantagem de 2 golos sofridos na 1ª mão, especialmente no estádio que é.

Nos seus últimos 5 jogos oficiais, o Las Palmas apresenta um histórico de 2 vitórias, 1 empate e 2 derrotas. Esta sequência de resultados iniciou-se com um empate por 1-1 na recepção ao Leganés. Seguiu-se uma derrota por 1-0 em terreno do Atlético de Madrid, uma vitória por 2-1 na recepção ao Huesca, em jogo a contar para a Taça do Rei, uma derrota por 0-2 na recepção ao Atlético de Madrid, em jogo a contar para a Taça do Rei, e na última jornada, uma vitória por 1-0 na recepção ao Sporting Gijón. Sergio Araujo está de fora, lesionado.

Onze Provável: Varas – Simón, Lemos, Bigas e Castellano – Gómez e Mesa – El Zhar, Viera e Boateng – Garcia.

O Atlético de Madrid venceu todos os últimos 5 confrontos directos disputados nos últimos 17 anos.

screenshot_2screenshot_1screenshot_3screenshot_4

 

Prognóstico: screenshot_5

 

Fontes: Placard, Apostas online e Academia das apostas.

 

 

Advertisements